A formação do jornalista

08maio09

O fórum sobre a formação acadêmica na área de jornalismo encerrou o último dia do Congresso de Jornalismo Cultural, realizado entre os dias 4 e 8 de maio, no TUCA (teatro da PUC-SP), em São Paulo. O evento foi uma iniciativa da revista CULT, com a intenção de debater sobre a produção cultural e o espaço dedicado à crítica na imprensa brasileira.

Participaram da mesa final os professores Carlos Costa, da Faculdade Cásper Líbero, José Luiz Proença, da ECA-USP, Angela Schaun, do Mackenzie, Cida Golin, da UFRGS, Hamilton Octavio de Souza, da PUC-SP, Luiz Augusto Teixeira Ribeiro, da UNESP de Bauru, Nivaldo Ferraz, da Anhembi Morumbi, Vitor Necchi, da PUC-RS, e Rodolfo Carlos Martino, da Metodista.

Mesa discutiu a formação do jornalista

Mesa discutiu a formação do jornalista

Temas como a preparação do aluno para o mercado de trabalho e o dia-a-dia das redações foram discutidos. A importância da formação acadêmica para lidar de forma crítica com os produtos culturais da atualidade também foi um dos assuntos abordados.

O Congresso de Jornalismo Cultural reuniu os principais jornalistas do país, além do diretor-adjunto do jornal espanhol El País, Juan Cruz. Acadêmicos, escritores, músicos e cineastas também participaram das mesas de debate, como Cristovão Tezza, vencedor do prêmio Jabuti de 2008, o compositor Lobão, e o roteirista Bráulio Mantovani.

Foto: Renato dos Anjos

Anúncios


%d blogueiros gostam disto: